ATENDIMENTOS DERMOESTÉTICOS EM

MUCOSITE

Anterior
Próximo

A mucosite é uma reação tóxica inflamatória e ulcerativa que afeta diretamente a via oral e todo o trato gastrointestinal. Ocorre como consequência dos tratamentos de radioterapia, quimioterapia e em pacientes submetidos a transplante de medula óssea.

Provoca um grave desconforto podendo interferir na capacidade dos doentes para comer, deglutir e falar, resultando em dor intensa. O paladar também pode ser alterado o que potencializa o prejuízo quanto a alimentação, causando baixa ingestão hídrica e alimentar acarretando em desidratação e desnutrição.

A dor pode estar presente tanto na mastigação quanto na deglutição, uma vez que o processo inflamatório pode ocorrer em todo o trato digestivo, bem como o aumento do risco de infecção local e sistêmica.

 

A mucosite pode ser classificada em quatro graus:

1º grau:  apresenta apenas eritema;

2º grau: apresenta placas dolorosas ao contato, de coloração branca de carater descamativo; 

3º grau: caracteriza- se pelo surgimento de crostas epiteliais e exsudato e ulcerações. 

4º grau: é a forma mais severa da mucosite, e ocorre quando há exposição de estroma (tecido de sustentação de um órgão).

 

 

O aparecimento da mucosite, assim como sua evolução clínica dependem da resposta individual do paciente podendo causar grande impacto na qualidade de vida durante o tratamento oncológico. 

 

A indicação para medidas de prevenção é incentivada, na tentativa de minimizar a ocorrência e infecção das lesões de mucosite.

 

A laserterapia de baixa intensidade apresenta bons resultados na prevenção e controle dos sintomas. Normalmente, resultados significativos de melhora são notados em algumas sessões de laserterapia. 

 

Para desenvolvermos uma conduta terapêutica adequada para sua queixa, entre em contato com nossos profissionais especializados.

AGENDE UMA AVALIAÇÃO!